PPGE participa do encontro de editores de periódicos da área de educação


02/04/2019 06h26 - Atualizado em 28/05/2021 às 08h30

No período de 26 a 28 de março, no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), aconteceu o XI Encontro de Editores de Periódicos da Área de Educação – Norte/Nordeste (FEPAE), e o PPGE foi representado pela Profa. Inalda Maria dos Santos, editora da Revista Debates em Educação.

Neste ano o encontro teve por objetivo principal a ampliação das discussões sobre os periódicos de educação das duas regiões do Brasil e envolvendo, entre outros assuntos, a exposição e análise sobre avaliação quadrienal, indexação, internacionalização e estratégias para avanço dos periódicos científicos (COORDENAÇÃO DO FEPAE N/NE).

Segundo a Profa. Inalda, dentre os vários desafios para os periódicos da região norte e nordeste, destaca-se a internacionalização. "Um aspecto importante para as universidades é a criação e/ou atualização do Repositório Institucional (armazenamento da produção docente, relatórios, Dissertações e Teses), melhoria na plataforma OJS3, cuidado para os artigos não serem endógenos, publicação em inglês e português e o periódico ter ao menos 8 artigos internacionais por ano", indicou a professora, relatando a reunião.

Durante o evento destacou-se a presença do coordenador adjunto da área de educação junto a Capes, prof. Ângelo Ricardo de Souza, que falou sobre os desafios para a avaliação dos periódicos na área de educação. Ele pontuou como tem sido feito as avaliações e disse que está sendo pensado o Qualis único das Humanidades, ou seja, uma única avaliação equivalente para toda a área. Mas, é um ponto polêmico que está sendo proposto. Os periódicos serão avaliados considerando 2017-2018 (subsídio para avaliação meio-termo da avaliação dos Programas). Souza informou ainda que os coordenadores de PPGEs irão indicar um nome de avaliador online dos periódicos, que em abril será enviado o documento de área sobre avaliação dos periódicos e que o FEPAE é um canal de diálogo.

Outro ponto significativo foi a discussão sobre o Regimento do FEPAE. Dentre os aspectos discutidos, destaca-se a ideia de que o editor da revista deve ser um sócio da ANPED, uma vez que o FEPAE constitui uma instância da associação. Como também é preciso que no regimento do Programa (PPGE),  faça referência ao funcionamento da revista.

A produção e publicação da área de educação vem passando nos últimos anos por grandes mudanças no que se refere a exigência e a competição para adequar-se aos padrões definidos do Qualis nos extratos almejado pelos periódicos A1, A2, B1 e B2. As regras para se atingir esses padrões são complexos, no contexto da produção “qualificada” exigida.

Profa. Inalda Maria dos Santos concluiu suas observações sobre o encontro considerando “que a participação do encontro foi muito importante para tomar conhecimento das mudanças que vem ocorrendo nos periódicos na área de educação, como também conhecer a realidade dos periódicos das regiões norte e nordeste”.

Em relação a revista Debates em Educação e o cenário nacional, destaca-se que nos últimos anos os editores, juntamente com os docentes e coordenadores do PPGE, tem buscado melhorias e adequações para que nosso periódico alcance avaliação de excelência.

 

Você conhece a revista Debates em Educação? Clique aqui para ler os artigos publicados e também submeta suas pesquisas!